Um momento-chave da(s) nossa(s) vida(s)?⚓

No início de abril já todos (incluindo a Seaventy) tínhamos passado as primeiras 4 das 9 fases da transformação, (Inconsciência, Consciência, Choque Emocional e Desconstrução Total), aproveitando da melhor forma este momento único provocado pelo Covid-19.

Desde aí a Seaventy continuou o seu processo de crescimento, evitando a fuga da dor para o esquecimento (Fase da Inconsciência) ou tentando racionalizar as incoerências (Fase da Consciência).

Bastante cientes destes dois riscos, desconstruimos totalmente a nossa empresa com a certeza que para lá do conhecido e da nossa zona de conforto, estaria um destino melhor à nossa espera! E assim decidimos deixar para trás a nossa versão anterior e passámos às fases seguintes da transformação:

5ª – Construção: Após a profunda análise aos pontos fortes, fracos, ameaças e oportunidades (SWOT), começámos o processo de criação de uma nova identidade. Felizmente, reconhecemos que as nossas bases (missão, valores e convicções) eram tão fortes e duradouras que não foi necessário fazer qualquer ajuste. Após a profunda análise SWOT só a visão antiga de sermos a melhor plataforma de acesso ao Mar deixou de transmitir aquela Paixão… 

Então começámos por escavar por aí até descobrirmos uma nova visão que respeitasse os 3 critérios do “Conceito-Ouriço” criado por Jim Collins: existe elevada e genuína Paixão? Podemos ser os melhores do Mundo? Tem potencial de trazer elevado retorno financeiro?

E eis que chegámos à Visão que acreditamos que nos vai guiar durante muitos e felizes anos:

Podemos ser a melhor plataforma do mundo de acesso a espaços para eventos e experiências para os Amantes do Mar!

À primeira vista, pode não parecer nada de especial. Mas a este nível (identidade da empresa), qualquer mudança vai reflectir-se nos níveis abaixo: organização, habilidades e capacidades, comportamentos e hábitos, ambiente…

foco deixa de estar 100% no que está no Mar e passa a estar 100% nas pessoas, que como nós, são Amantes do Mar. Não somos seres marinhos e na vida pessoal e profissional também fazemos eventos e experiências em terra, sempre que o Mar não ofereça melhor solução, utilizando os nossos talentos e a nossa experiência para conseguir os melhores resultados possíveis. É este o espírito da nova Seaventy.

Após esta reinvenção “profunda” na nossa identidade, passámos à próxima fase…

6ª – Choque Mental: É nesta fase que surgem as dúvidas e o medo. Será que a Seaventy é mesmo assim? Será que o caminho é mesmo por aqui? Éramos tão bons naquilo que fazíamos antes do Covid, temos mesmo que mudar? Esta é a fase de colocarmos a nossa nova identidade em questão, reformulá-la, se for caso disso, de garantirmos que o medo se transforma em fé e confiança. Depois de no mês de abril termos explorado a fase 5, agora estamos, sem dúvida, nesta fase de choque. 

Para além das questões todas que já nos fizémos, precisamos de si para nos ajudar a explorar esta fase. Depois da sua ajuda através do seu valioso feedback, o medo dará lugar à fé naquilo que somos então nessa altura estaremos em condições de passar à fase seguinte. 

7ª – Objectivos e Estratégia: Só sabendo quem a Seaventy é e em que ponto estamos, podemos decidir para onde queremos ir com a toda a segurança e entusiasmo. Usaremos os objectivos como uma poderosa ferramenta de motivação e não como um instrumento que nos utiliza e que nos obriga a esforços desgastantes e frustrantes, muitos deles não ecológicos com o nosso SER. Depois de bem definidos e com uma estratégia clara para os atingir, passaremos então à fase seguinte que acreditamos explorar já a partir do próximo mês – se tudo correr bem…

8ª – Concretização: Já sabemos quem somos. Já sabemos onde queremos estar. Já temos um plano. Não há outra opção que não passarmos para o instituto da ação. Depois das 3 fases mais mentais do processo, chegaremos à fase da concretização. Sem medos, com muita fé no destino, com grande espírito de equipa, a celebrar todas as pequenas conquistas, bora lá seguir o plano rumo aos objectivos propostos com o bom senso, sempre presente, para afinar a estratégia ou até os objectivos, se for caso disso!

9ª – Choque Instintivo: Depois da enorme quantidade de energia que foi necessária para completar a transformação, teremos que estar atentos ao risco do adormecimento. É nesta fase que nos iremos esquecer de todo o esforço que aplicámos neste processo e incorporaremos de forma totalmente inconsciente a nova identidade como algo que sempre fomos. É uma fase necessária porque fecha um processo de transformação e nos deixa disponíveis para um novo processo! Qual será? Logo veremos!

O que importa agora é continuar esta viagem de crescimento para que possamos recordar para sempre da pandemia como a melhor coisa que aconteceu na nossa vida!

Tenho a certeza que o que está acontecer agora com a Seaventy, já lhe aconteceu à sua agência ou a si em vários momentos-chave da sua vida!

Será este um desses momentos? Se for, desejo-lhe uma excelente viagem e conte connosco para o que for preciso =)

Saudações náuticas,

Bernardo Castro

SEO (Smile Executive Officer)